02
Jun 04
No Arquivo Distrital de Viseu existe um documento cuja data não foi possível precisar, mas que parece ser do início do século passado.




É um certificado passado por uma parteira da época, chamada Bárbara Emília, natural de Coira, Viseu, a pedido de uma jovem que pretendia libertar-se da difamação e provar a sua virgindade, para contrair casamento. O documento diz assim:




"Eu, Bárbara Emília, parteira que sou de Coira, atesto e certufico pula minha onra que Maria de Jesus tem as partes fudengas tal e qual como nasceu, insceto umas pequenas noidas negras junto dos montes da crica que a não serem da nascença sarão porvenientes de marradas de piça."




Um documento histórico que vale pela sua autenticidade...
publicado por sorraia.blog às 14:39

Junho 2004
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5

6
7
8
9
10
12

13
14
18
19

20
21
22
23

29


Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Município de Coruche
cch.bmp
Museu Municipal de Coruche
logo_museu1.jpg
Município de Benavente
benavente.jpg
Farmácias de Serviço
farmacias.gif
pesquisar
 
blogs SAPO