16
Mai 04
rr_run.gif Vou falar,leia-se escrever a sério agora (não é que noutras alturas não o tenha feito também seriamente) porque esta situação no meu entender é grave e ainda vai ser muito mais grave,vamos esperar que não.

Estrada Nacional 119 no Biscainho,por acaso do destino,um dos acessos a Lisboa,ao Alentejo e Interior do País através da Ponte Vasco da Gama.

Situação :
Esta estrada tem como todos sabemos um afluxo elevado de trânsito,umas vezes mais que outras,mas tem...Agora o que me faz confusão são duas coisas : em primeiro lugar a velocidade que ali se pratica no espaço que vai do José Jorge á estrada dos Fidalgos,passando o entroncamento com a estrada para Benavente e por aí adiante,mas o que nos interessa é realmente aquele troço e esse troço meus amigos,é terrível e cheio de "armadilhas" até para quem o conhece bem (não são raros os acidentes e o que é pior ainda,a morte de pessoas em geral e pessoas de cá em particular).Em segundo lugar,a quase completa para não dizer total ausência de marcações no pavimento no troço de que falo...Simplesmente fantástico!!! E normal devem pensar os senhores do Instituto de Estradas de Portugal (nova JAE),normal sem dúvida...nem me vou alongar com isto...

Solução proposta pelo sorraia.blog :
Neste troço que a nós diz respeito,sugeria,porque estamos num País livre e também me acho no direito de sugerir que se fizesse a pintura das marcações de pavimento com os respectivos traços contínuos e descontínuos com especial atenção para a zona do entroncamento e para a zona das bombas Repsol...que aí até nós mesmos que conhecemos,"metemos a pata na poça" e também não respeitamos o Código,bom,como dizia marcações de pavimento,ok?! e a segunda sugestão prendia-se com a colocação de sinais luminosos com limitação de velocidade.Simples : passa a mais de 50km,por exemplo,o sensor dispara,o sinal vermelho acende...que tal?! decerteza que concordam comigo.Santana do Mato tinha um problema idêntico e que aconteceu? desde que se entra até sairmos na direcção de Lavre nada menos nada mais do que 4 ( quatro !!!!! ) sinais luminosos de limitação de velocidade e tem que se passar a menos de 50km,porque eles disparam...Resolveu-se em Santana...

Finais :
Acho que a conservação das vias está adjudicada a empresas privadas...muito bem!!! Então é assim : Quando essa empresa privada com a concessão deste troço da EN 119,andou a fazer marcação de pavimento na zona do Restaurante Telheiro nos Foros da Almada podia e devia fazer também a remarcação na zona do Biscainho,para uns não serem filhos e outros enteados,para prestarem um bom serviço,que embora adjudicado pelo Estado,somos nós que pagamos...Porque teria sido remarcado na zona do Telheiro e no Biscainho não? Não sei,ninguém sabe,é assim...quem de direito que responda...

Outro final :
Não temos marcações no pavimento e nem sequer temos a Brigada de Trânsito com o radar,talvez também resolvesse alguma coisa ou não?! pelo menos aos "bocaditos" resolvia...

Foi bem a sério esta...

Biscainhem-se...
publicado por sorraia.blog às 01:00

Maio 2004
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1

2
3
4
5
6
7
8

9
13

22

28

30
31


Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Município de Coruche
cch.bmp
Museu Municipal de Coruche
logo_museu1.jpg
Município de Benavente
benavente.jpg
Farmácias de Serviço
farmacias.gif
pesquisar
 
blogs SAPO