12
Dez 05
Manuel Alegre recusou, este sábado, em Águeda, fazer mais qualquer comentário às declarações de Mário Soares, embora assinalando que o ex-Presidente da República «tem sido desagradável» em relação à sua candidatura.
«Não comento mais as declarações de Mário Soares, estou a fazer a minha campanha e não faço a dele. Não faço aquilo que ele quer», afirmou, na sequência das declarações de Soares, onde este defendia que Alegre se devia demitir do PS seguindo o exemplo de Salgado Zenha.
«Alguém disse na minha candidatura que não havia ninguém muito importante do partido a que pertenço. Todas aquelas assinaturas são igualmente importantes. Para mim, não há portugueses de primeira nem de segunda», acrescentou.
Alegre lembrou ainda o facto de ter «sedes de campanha em todo o país» e de ter o «apoio de diversos cidadãos, o que deixa nervosos alguns candidatos».
Para além de ter sugerido que Alegre se demitisse do PS, Mário Soares afirmou que o seu adversário «tem uma questão com o PS e não comigo».
«Foi rejeitado pelo PS, pelas suas estruturas todas, que não quiseram apoiá-lo para Presidente da República», disse o ex-chefe de Estado, após um jantar-debate que ocorreu na sexta-feira à noite, em Coimbra.
Nessa ocasião, Soares reconheceu ainda que teve uma «divergência política» com Salgado Zenha, que esfriou «um pouco» a amizade entre ambos, mas que o «respeito e a consideração» se mantiveram.
publicado por sorraia.blog às 09:46

Dezembro 2005
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3

4
5
6
7
8
9
10

11
13
14
16
17

18
19
20
21
24

25
26
27
28
29
30
31


Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Município de Coruche
cch.bmp
Museu Municipal de Coruche
logo_museu1.jpg
Município de Benavente
benavente.jpg
Farmácias de Serviço
farmacias.gif
pesquisar
 
blogs SAPO