12
Jul 05
Uma mulher estava a jogar golfe e atirou a bola para o meio do bosque...
Enquanto ela procurava a bola encontrou um sapo preso numa armadilha.
O sapo disse-lhe:
- Se me soltares conceder-te-ei 3 desejos!
A mulher, sem hesitar, libertou o sapo.
Disse o sapo:
- Obrigado, mas esqueci-me de mencionar uma condição para te conceder os
3 desejos. Qualquer coisa que pedires, o teu marido receberá 10 vezes mais!
- Ahh! Não há problema nenhum, muito pelo contrário. ih! ih! - respondeu
a mulher.
Então ela começou por pedir o primeiro desejo:
- Quero ser a mulher mais bela do planeta!
- De certeza? Não te esqueças que o teu marido receberá 10 vezes mais, o
que fará dele um homem extremamente belo, um deus grego de quem as mulheres se
apaixonarão! - avisou o sapo
- Isso não vai fazer mal, porque, sendo eu a mulher mais bela do mundo,
ele só vai ter olhos para mim! - Disse animada a mulher...
E KAZAM!!! O sapo concedeu-lhe o desejo. Tornou-se a mais bela mulher...
Como segundo desejo ela pediu:
- Quero ser a mulher mais rica do mundo!
Novamente o sapo alertou-a:
- Não te esqueças que o teu marido vai ficar 10 vezes mais rico que tu...
- Não faz mal, porque o que é meu é dele e o que é dele é meu... -
respondeu a mulher.
E KAZAM!!! O sapo concedeu-lhe o segundo desejo. Tornou-se a mulher mais
rica...
Finalmente, chegou a hora do terceiro desejo...
- Agora quero ter um ataque de coração fraco. Eh eh eh!
KAZAM!!!!!!!!!!!!!!!!

Moral da história: As mulheres são espertas. Não as subestimes...

Se és mulher: Este é o final feliz da história para ti. Por isso, pára
por aqui e aproveita o momento...

Se és homem: Vê o final da história mais abaixo ...


.....................................
.....................................
.....................................



O que aconteceu? A mulher, apesar de ter pedido um ataque cardíaco fraco,
mesmo assim, não aguentou...
Agora o homem, sem fazer nada... tornou-se o homem mais belo do mundo, o
mais rico do mundo e teve um ataque cardíaco DEZ VEZES MAIS FRACO que a mulher
e sobreviveu!!

MORAL FINAL DA HISTÓRIA:
As mulheres pensam que são sempre espertas, mas não é bem assim... Não
faz mal, continua a deixá-las pensar da mesma maneira!!

PS: Se és mulher e continuas a ler a história, isso só prova que vocês
nunca ouvem aquilo que vos dizemos!!!

( enviado por e-mail pela Pipoca Sexymama )
publicado por sorraia.blog às 23:58

António José Ganhão,o mítico Presidente da Câmara Municipal de Benavente está poupadinho!
Com a escolha do comandante Miguel Cardia para eventual vereador da Câmara Municipal de Benavente, o presidente António José Ganhão estará a pensar poupar uns trocos ao erário público. Em vez de dois salários (o de vereador e o de coordenador da protecção civil, que neste caso recebe como secretário do vereador Carlos Coutinho) a Câmara passará a pagar só um.
E depois ainda dizem que António José Ganhão não tem visão de futuro.

Um exemplo a seguir.
publicado por sorraia.blog às 23:45

por acaso esta rua está para ser alcatroada ainda nem o "presidente" sonhava em ser presidente! finalmente a coisa está a andar pá frente!

( Posted by Um habitante da rua do presidente )
publicado por sorraia.blog às 23:40

Não é uma colectividade privada.
Mas se está tão interessado pode observar e esclareçer quais quer assuntos com as entidades competentes do rancho e até com os elementos deste mesmo.~
E sinceramente o rancho não é assuno de café e nem se quer é obrigado a dar satisfações a pessoas como tu que não fazem nada por ele apenas se desdignão a dizer mal do que não sabem....
Aguardo resposta.......

( Posted by ddp )
publicado por sorraia.blog às 23:35

Fátima Felgueiras irá recandidatar-se à presidência da Câmara Municipal de Felgueiras como independente, e regressará a Portugal para participar na campanha eleitoral. O porta-voz do movimento Terceira Via, Horário Reis, garantiu, ontem, que a candidatura é "irreversível", após ter visitado a autarca no Brasil durante o fim-de-semana passado. A confirmação da recandidatura de Fátima Felgueiras surge no mesmo dia em que a Inspecção-Geral da Administração do Território (IGAT) deu início a uma investigação na Câmara de Felgueiras, tendo analisado documentos relativos às últimas deliberações do Executivo.
publicado por sorraia.blog às 14:37

"REMÉDIOS MAIS BARATOS"
As margens de comercialização dos medicamentos vão ser menores – e o preço desce
O preço dos medicamentos comparticipados vai mesmo baixar a partir de Setembro. Uma portaria aprovada pelo Ministério da Saúde em conjunto com o Ministério da Economia e Inovação concretiza o que o Executivo anunciou em Março : uma redução de seis por cento nos medicamentos compartipados – à custa das margens de lucro da indústria farmacêutica, grossistas e farmácias.


"JUÍZA ANA PERES DEIXA O TRIBUNAL DA BOA-HORA"
A juíza do processo Casa Pia foi colocada no Ticão
A juíza Ana Peres, que preside ao julgamento do processo Casa Pia, vai deixar a Boa-Hora (8.ª Vara) e passar para o Tribunal Central de Instrução Criminal (‘Ticão’). O lugar de Ana Peres vai ser ocupado por Leonor Silveira Botelho, de acordo com o que informou ontem o Conselho Superior da Magistratura (CSM).


"RAZIA NOS EXAMES NACIONAIS DE MATEMÁTICA"
Se os exames já contassem para chumbar ou passar o ano, 60 mil ficavam para trás
Mais de 60 mil alunos do 9.º ano tiveram nota negativa no exame nacional de Matemática. As classificações, divulgadas ontem, mostram que 60 084 dos 84 980 alunos que realizaram a prova de Matemática obtiveram um ou dois valores.

"SERRA DA ESTRELA A ARDER"
Mangualde da Serra, Gouveia, era, ao final da tarde de ontem, uma aldeia angustiada, envolta nas nuvens de fumo que o vento forte arrastava. O fumo do incêndio dantesco iniciado junto a Santa Marinha, no vizinho concelho de Seia, e que desde a tarde de domingo consumia a floresta, tendo já ferido cinco bombeiros.
publicado por sorraia.blog às 14:29

Manuel Marques é alfaiate tradicional de toureiros. Nasceu no Biscainho,concelho
de Coruche, há 69 anos e exerce a profissão há cerca de trinta. Contou-nos a história
deste ofício, que remonta ao tempo de Luís XV. Foram esses tempos que inspiraram
o corte da casaca usada pelos cavaleiros portugueses. Hoje há apenas vestígios da
indumentária usada pela família real. O corte foi alterado com o passar dos tempos
sendo Rosado e Pires o homem que revolucionou esse corte. “Foi o primeiro alfaiate
dos toureiros amadores, desde a família real”, conta Manuel Marques.Trabalhava na
Rua Augusta, em Lisboa. Durante cerca de cinquenta anos exerceu o oficio
seguindo-lhe as pisadas Alberto Armindo. Por mais cinquenta anos,também na Rua
Augusta. “Foi com este senhor que eu fui influenciado a fazer isto",diz Manuel
Marques, que no entanto optou por ficar pela terra natal, o Biscainho."Como sou
alfaiate por intuição, acabei por aproveitar a oportunidade, passei pela Academia de
Alfaiates de Lisboa e dediquei-me a fazer as casacas e tudo quanto é da
tauromaquia”.

Hoje, não é possível modificar-se o feitio da casaca de toureiro. O corte mante-se
desde Rosado e Pires. A casaca actual, segundo Manuel Marques "tem um perfil
completamente diferente do traje Luís XV. Com dois machos atrás,é mais cintada.
com mais silhueta e, por conseguinte, é uma casaca mais perfeita”.
O corte é igual para todos os toureiros. Os clientes escolhem depois os tecidos,as
cores e os bordados, que podem ser executados a ouro, a prata, à linha,a canutilho,a
lantejoulas ou a missangas. As cores para as casacas são normalmente azuis
bordeaux, verdes ou castanhas. “Às vezes aparece quem queira uma cor mais clara,
mas estão quase postas de parte. Há um ou outro cavaleiro que se sujeita e ás vezes
até fica engraçado”.
É um trabalho minucioso, que requer muito amor à arte. De acordo com Manuel
Marques, “uma casaca, se for bordada à mão, pode demorar duzentas horas a ser
confeccionada. A casaca bordada à máquina ou mista anda na ordem das cem,cento
e poucas horas. Estamos somente a falar da casaca, porque não podemos esquecer
que o fato de cavaleiro é também composto pelo colete, o calção,o tricórnio,a
camisa e o arreio de cortesias. Tudo isto é também cá cortado, executado e bordado".
Manuel Marques é dos poucos alfaiates em Portugal que se dedica à área da
tauromaquia.Já trabalhou com todos os cavaleiros portugueses e faz inúmeros trajes para países
estrangeiros,entre eles a Venezuela,México e Brasil.

"Os fatos dos bandarilheiros são feitos pelos espanhóis.O fato de marialva e o casaco de cavaleiro em Portugal é
tradição portuguesa.Os espanhóis não conseguem fazê-lo como nós fazemos.Por outro lado,ninguém consehue fazer o fato
espanhol como eles.Nunca houve um português que arriscasse fazê-lo",conta Manuel Marques.
Da Suiça,Alemanha,Bélgica e Inglaterra o alfaiate recebe muitas solicitações para a execução do chamado fato curto.
Jaqueta,calça de cós subido,chapéu à mazantino ou à portuguesa,camisa de bordados ingleses e colarinhos transformados,
o fato curto é muito apreciado,não só por portugueses,como também por estrangeiros.
Num País com muita tradição em termos de cavalaria,"os nossos cavaleiros gostam de trajar à portuguesa.E este traje tem também uma
grande influência,sobre os estrangeiros".
Exemplo desta tradição é a Feira Nacional do Cavalo na Golegâ,que é uma verdadeira montra do trabalho realizado por Manuel Marques nesta área.
"Se formos a verificar,a Golegã é uma passagem de modelos,tanto no que toca aos cavalos como no que diz respeito ao vestuário.O cavalo e o
cavaleiro têm que ir aprumados,para ser bonito e ter o seu encanto".
Artes que se aliam a outras artes.À beleza do cavalo e graciosidade do cavaleiro junta-se o encanto das vestes na arena,em competições equestres
ou em passeio.

Manuel Marques fala de cada traje que executa como sendo mais um filho que ajudou a criar.Vive a vida dos toureiros como se fosse a sua,mas vai dizendo
que nunca exerceria esta actividade,porque é muito arriscada."È que um toureiro vai para a praça,vai vivo e não sabe como sai de lá".É tanto assim que não conheço nenhum
toureiro que não seja fortemente religioso.Mais reliogioso que qualquer outra pessoa".Afirma Manuel Marques que gosta de touradas,mas não se considera um fanático.
Gosta do espectáculo e de ver a sua obra na arena.
Não sabe até quando vai exercer o ofício.A tesoura,as linhas,as agulhas,os tecidos só os arruma quando estiver cansado.

Mas Manuel Marques ainda não pensa nisso.
publicado por sorraia.blog às 14:09

Julho 2005
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2

3
4
5
6
7
8
9

10
11
13
14
15

17
19
20
21
23

24
26
28
29



Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

subscrever feeds
pesquisar
 
blogs SAPO