11
Out 05

Uma dona de casa recebe um amante todo os dias em casa, enquanto o marido trabalha. Durante esse tempo ela mete o filho de 9 anos trancado no armário do quarto. Certo dia o Marido chega a casa e o amante ainda lá está. Entao ela tranca o amante no armário onde estava o filho. Ficaram lá um bocado, até que o miúdo diz:


- Tá escuro aqui...


- Tá...


- Eu tenho uma bola de ténis para vender...


- Que giro!


- Queres comprar? - Nao!


- Pronto... Se preferes que eu diga ao meu pai...


- Quanto é que queres pela bola?


- 5 contos.


- Toma.


Uma semana depois, o marido torna a chegar cedo. O amante está em casa. O miúdo esta no armário. O amante vai para o armário. Eles la ficam em silencio até que o miúdo diz:


- Tá escuro aqui...


- É, está.


- Eu tenho aqui uma raquete de ténis para vender por 50 contos.


- Que bom.


- Queres comprar?


- 50 contos???


- É muito cara


- Se preferes que eu diga ao meu pai... É contigo..


- Nao, nao... Eu compro!!


- Aqui está. Outra semana depois, o marido torna a chegar cedo. O amante esta em casa. O miúdo está no armário. O amante vai para o armário. Eles la ficam em silencio até que o miúdo diz:


- Tá escuro aqui...


- É, está.


- Eu tenho aqui umas sapatilhas da Nike para vender por 100 contos.


- Que bom para ti.


- Queres comprar?


- 100 contos??? Tas doido?!!


- Se preferes que eu diga ao meu pai... É contigo...


- Nao, nao, eu compro, eu compro, f.......-se p'ro miudo...


No fim-de-semana o pai chama o filho:


- Pega na bola e na raquete e vamos jogar.


- Nao posso. Vendi tudo.


- Vendeste?! Por quanto?! - 155 contos.


- Não podes enganar os teus amigos assim. Vou levar-te agora ao padre para te confessares. Chegando a igreja, o miúdo entra pela portinha, ajoelha-se e fecha a portinha. Abre-se uma janelinha e aparece o padre.


- Meu filho, nao temas a Deus, diz e Ele perdoar-te-á. Qual é o teu pecado?


- Tá escuro aqui, nao tá? - F.......-se, nao vais começar com essa m.... outra vez, pois nao??????

publicado por sorraia.blog às 20:04

Como Biscaínhense quero felicitar o Presidente da Junta de Freguesia e todos os que o acompanham por mais uma vitória. Quero também felicitar os outros candidatos em especial à lista do PSD pela audácia e coragem que tiveram ao constítuirem uma lista apenas de mulheres e enfrentarem o desafio das "críticas da população biscanhense" quando alguma mulher assume uma posição de maior destaque. Embora seja com pena que vejo que nada vai mudar na minha terra. Creio que o Sr. Paulino muito fez mas estava na hora da mudança. Novas ideias e novos projectos são precisos para dinamizar o Biscaínho, o que espero sinceramente que aconteça nos próximos 4 anos, e se assim não for que haja uma voz que se erga e lute pelos interesses da população sem olhar aos seus próprios interesses como é comum na nossa terra, ou não concordam!!! Até breve!

( e-mail enviado por MARIA )
publicado por sorraia.blog às 00:49

No Portugal republicano e democrático de hoje, uma candidatura é O estado de graça por definição.
O(A) Candidato(a) é uma espécie de santo, monge ou asceta, liberto da tentação e do pecado, que se reveste de camadas constituidas por auras de insuspeição, candura e inimputabilidade sobrepostas umas às outras como as saias das nazarenas ou, menos prosaicamente, a casca da cebola comum.
Ao atingir o estatuto ou estado de candidato, o cidadão comum é alcandorado a semi-deus, qual atleta grego, rodeando-se de uma corte de aduladores peritos na lambidela compulsiva que se desenvolve desde o tacão da bota até aos entrefolhos do cu, and beyond.
No Portugal republicano e democrático de hoje, O(A) Candidato(a) usufrui de imunidade judicial excepto se for apanhado em flagrante a cometer um crime doloso por cuja pena possa ser preso por três ou mais anos. Ou seja, qualquer candidato a eleições tem ao seu dispôr um quadro legal que lhe permite executar, participar ou instigar a prossecução de atropelos, crimes e ilegalidades que lhe apeteça desde que cumpra as regras, ou seja, não se deixe apanhar em flagrante.
O climax do absurdo acontece quando o candidato deixa de o ser; quer ganhe ou perca as eleições, O(A) Candidato(a) deixa automáticamente de gozar da imunidade de ser candidato, atente-se na lógica demolidora, uma vez que deixa de o ser. Esta mudança súbita de estado de graça para desgraça permite ao aparelho judicial desempenhar a sua função ordenando a detenção do(a) ex-Candidato(a) pespegando-o(a) nos canfundós de um qualquer fedorento calabouço atapetado e revestido a musgo e desespero. Não sem que, durante a campanha eleitoral, tenha tido todo o tempo e todos os meios à disposição para propagandear as vantagens que o povo teria votando nele.
Esta é a democracia na República portuguesa.
(com respeito e admiração por www.portugraal.blogspot.com aqui fica o artigo)
publicado por sorraia.blog às 00:41

Angola,Brasil e Portugal no Mundial de futebol "Alemanha 2006",portanto convem ir dar uma olhada
Língua Portuguesa
publicado por sorraia.blog às 00:38

pauly.gifOlá a todos os Biscainhos e não só.Obrigado por terem votado em mim.Eu sou o renovo presidente de cá.Eis eu aqui pa ayudar bocês.

( e-mail de JDS )
publicado por sorraia.blog às 00:26

Outubro 2005
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1

2
3
4
5
6
7
8

9
12
13
14
15

16
17
18
20
21
22

23
25
27
29

30
31


Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

subscrever feeds
Município de Coruche
cch.bmp
Museu Municipal de Coruche
logo_museu1.jpg
Município de Benavente
benavente.jpg
Farmácias de Serviço
farmacias.gif
pesquisar
 
blogs SAPO