É mesmo assim que eu gosto de ver o Biscainho.Com vozes a levantarem-se e a dizer de sua justiça como o deviam fazer sempre neste e noutros casos.Foi preciso enviar um email para este blog para despoletar uma série de circunstâncais,tais como a questão da IMPORTÂNCIA da Rua dos Olhos de água ( que é importante,sem dúvida,aliás como todas as outras que estão por pavimentar e sobre isso ninguém ousou escrever ,foi preciso usar a metáfora de "cobra" para que se lesse o artigo e sobre ele se opinasse ( porque não fazer como eu,enviando mail e dizendo da nossa/vossa justiça?,foi preciso o meu email para se saber que os esgotos do tal loteamento rõa correr numa vala a céu aberto ( há que denunciar estas situações ),foi preciso ser mais duro nas minhas palavras para ter dois comentários cheios de oportunidade e finalmente,foi preciso o meu comentário para que se começasse a falar de coisas realmente importantes para o Biscainho.A questão da "cobra" não será fácilmente ultrapassada ( e as minhas desculpas a quem eventualmente se queimou mas não era essa a minha intenção.O que está dito está dito. ) porque continuamos a levar tudo demasiado a peito e a ver fantasmas como se eles existissem.Deveriamos isso sim era ter a coragem de abordar problemas que são realmente IMPORTANTES para o Biscainho.O problema dos esgotos a céu aberto,o problema de construções com os tais muros altos,o problema da nossa água ser ou não se de qualidade,o problema de industrias implantadas em pleno coração do Biscainho,o problema da degradação sistemática da estrada municipal 515,o problema das velocidades nessa mesma estrada,o problema de explorações agrícolas também no coração da ocalidade e todos os outros problemas com os quias convivemos e que também,sistemáticamente,fechamos os olhos.Por tudo isso,COM AS MINHAS DESCULPAS,se ofendi alguma ou algumas pessoas ou se o que acabo de escrever o fará também,fico contente com o email que enviei para o blog com pedido de publicação,por uma única razão.Por,pelo menos dois comentários já ter feito surgir,nos quais são ditas verdades e por ter chegado,embora FERINDO SUSCEPTIBILIDADES,a questões muito mais importantes do que simplesmente largar bocas.Peço a quem edita este blog que publique,se faz favor o que escrevi,reinterando as minhas desculpas se alguém se ofendeu,mas a verdade é não podemos continuar escondidos na nossa concha.Muito obrigado por este espaço.
BISCAINHENSE a 3 de Abril de 2006 às 15:57

É inacreditavel que em pleno secúlo XXI ainda existem mentalidades de dois secúlos atrás, como das pessoas que se deram, ao trabalho de escrever sobre, "COBRA". É porque têm muito tempo livre. Das duas uma! ou se identificam com elas (COBRAS)ou são das que mordem pela calada, e só elas é que podem ter tudo do bom e do melhor. "Mas cuidado que o sol quando nasceu foi para todos, nunca podemos cuspir para o ar, que mais tarde nos venha cair em cima. Não sei se os donos do tal empreendimento tiveram medo da dita COBRA?? Porque fizeram um muro tão alto, para se defender delas (COBRAS) tapando uma curva perigosa que lá existe. os senhores do empreendimento deviam de se preocupar, com os esgotos. Sim com os esgotos!!! Porque se não sabem fiquem a saber que o tal empreendimento tem esgotos feitos para mandar por uma vala a ceú aberto, que vai lesar as tais pessoas da Rua dos Olhos d`Agua ISTO JÁ É JUSTO? Mas dar passagem a meia dúzia de pessoas pelo seu empreendimento não?? Não sei porque razão diz que a Rua dos Olhos d´Agua não é importante, afinal moram lá pessoas como as outras, não mora lá só presidente da junta?? Quanto há cor dos partidos que temos nós haver com isso?
Ou será que os donos do tal empreendimento só falam, e só fazem, negocios com os da cor deles??? E o sol "MINHA QUERIDA COBRA" quando nasce é para todos, A NÃO SER QUE O QUEIRA SÓ PARA SI!!!!
biscainho a 2 de Abril de 2006 às 23:13

é espantoso a mediocridade e o pensar virado para o seu umbigo de quem pensa assim.Os moradores de uma rua sem saida, pela Constituição, têm os mesmos direitos que os outros que moram nas ruas muito importantes com saida,pagando os seus impostos. Quem mandou colocar o máquina para impedir a passagem pelo empreendimento demonstrou prepotência e cinismo, esquecendo-se que quando andaram a fazer as obras, usou e abusou da tal rua sem saida, ficando a mesma na altura alguns dias, num estado lamentável, pondo em causa a segurança dos que por lá passavam.Em relação ao bate boca da "cobra" com o dono do empreendimento deve ter sido um lembrar ao mesmo, da injustiça que ele estava a cometer e um defender dos direitos e segurança, enquanto durassem as obras, defesa esta que deveria ter sido feita pelo Presidente.Não era por as pessoas passarem meia dúzia de vezes, que estragavam tão belo e importante empreendimento que ali está.
COHIBA a 2 de Abril de 2006 às 16:33